Nossa  Proposta

 

 

Na fase intra-uterina o bebê já convive com  sons  ambientes provocados pelo corpo da mãe: o sangue  fluindo  nas veias, a cadência da respiração materna até  a movimentação dos intestinos.

Nesse período, a voz materna é material sonoro especial, é a referência afetiva para ele.

Há todo  planejamento necessário para a chegada do bebê. Aqui, nossa proposta envolve o bem estar da mãe e o fortalecimento dos laços afetivos entre ambos através da música.

Há músicas de diversos estilos, para diversos momentos, para diversas faixas etárias.

Nossa proposta é a música cantada pela mãe para seu bebê, possibilitando a ela levando a ele bem estar.

Nosso trabalho visa contribuir com a mãe  na organização de pensamento e idéias e no alcance  de metas.

O trabalho da música na gestação e pós parto contribui  para que a gestante:

  • Aflore sentimentos
  • Controle o stress
  • Desenvolva afetivIdade  com o bebê

Para o bebê, o trabalho  contribui para:

  • Fortalecer os laços afetivos com a mãe
  • Desenvolver  musicalidade
  • Desenvolver criatividade
  • Auxilia no desenvolvimento de sons e fonemas língua falada

No   ventre

Muitas perguntas ficam em nossa mente quando um bebê cresce em nosso ventre. Aqui estamos conversando sobre a importância da música no período de gestação  e no pós parto.

Para dizer  ao bebê:  TE AMO, as palavras passam por canais diversos, até chegar até ele.

Voz, entonação, emoção, amor formam o conjunto, a orquestra mais importante ouvida por seu filho.

 

  "Tudo deveria começar com uma canção."
​             Professor Tooru Kumon

 

 

 

Dia das Mães! É o dia da bondade
maior que todo o mal da humanidade
purificada num amor fecundo.
Por mais que o homem seja um mesquinho,
enquanto a Mãe cantar junto a um bercinho
cantará a esperança para o mundo!

Giuseppe Ghiaroni,    poeta e jornalista,



 ​

 

 

 

 

hannah 2 anos
1999,__avó_pela_primeira_vez_edited
317808_209532509103922_100001415227890_578216_6121586_n
digitalizar0233
digitalizar0261
IMG_0416